BEM (vem) VINDO





ENTRE SEM BATER, TIRE OS SAPATOS E TRAGA ALGUMAS MOEDAS



sábado, 15 de outubro de 2011

evil

sou uma garota má, pois sinto a falta tanta falta dele quando bebo.
é pessimo o gênio mal que me toma nas noites de sexta.
e confesso desejos inconfessáveis a estranhos.
e não há estranhos quando está escuro.

ele desligou o telefone e escreveu em um pedaço do maço molhado:
agora serei livre.
ps: acabaram meus cigarros

tudo o que pude fazer foi rir, droga, acabaram seus cigarros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada por me ler. SEJA SEMPRE.